Obras fazem parte da exposição Street Biennale, que começa no dia 22
Extraído de Piniweb: http://migre.me/1iyWQ

Desde o último sábado (11), são instaladas, nas fachadas dos prédios do centro de São Paulo, as obras da exposição “Street Biennale”, que será aberta oficialmente no próximo dia 22. A mostra conta com 14 obras dos artistas Herbert Baglione, Paulo Climachauska, Fabiano Gonper, Mohamed Bourouissa e Mambo, Vicente de Mello e Ko Siu Lan, e durará um mês.

A exposição conta com curadoria do francês Jeremy Planchon, que assegura que o trajeto, que dura cerca de uma hora, começa no Teatro Municipal, na Praça Ramos de Azevedo, e segue pelas avenidas São João e Rio Branco. Juntamente com as obras, haverá um painel explicativo.

Cidade Limpa

A instalação das obras foi permitida devido à uma característica da Lei Cidade Limpa, que permite anúncios com finalidade cultural e educativa, como são as obras da exposição. Apesar disso, algumas obras ainda precisam do aval dos proprietários e da prefeitura para serem instalados.

Após a Bienal, as fachadas serão revitalizadas, segundo acordo com a prefeitura. Se não houver a revitalização, a organização terá de pagar multa.

Anúncios