Category: pixo


Vídeo bacana: Pixo com extintor

Texto Folha SP (04/03/2012):

As indecifráveis letras espalhadas pelos muros da cidade são uma forma de arte ou apenas depredação de patrimônio? Um novo tipo de pichação, considerada vandalismo extremo até por quem a pratica, vai esquentar ainda mais essa discussão.

Grafiteiros paulistanos -alguns deles artistas renomados- estão trocando, em segredo, suas latinhas por extintores de incêndio cheios de tinta preta ou colorida.

A informação é da reportagem de Vanessa Correa, publicada na edição deste domingo da Folha. A reportagem completa está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha.

Antes de pensarmos em algum juízo de valor, acho interessante pensar que essa atividade é uma espécie de grito anônimo no meio da urbe. Sabe aquela sensação de pegar um pipa em cima do telhado? Ou aquela situação de estar em um lugar que não conhece? Curiosidade, vontade, medo,  são alguns dos sentimentos próprios do ato de transgressão. Mas pra que transgredir? Pra que mudar o que está posto? Falando em pixo, pra que prejudicar o patrimônio alheio? Talvez a resposta dos colegas que exercitam essa atividade seja com uma pergunta:

POR QUE NÃO?

Prévia de documentário (alguém consegue pra mim? troco por um livrinho A. M. Ext. em SP)

Muito mais pixo: http://www.pichacao.com/

Desafio alguém responder esse post sem juizo de valor!!!

%d blogueiros gostam disto: